Um Clube Jovem e Dinamico, virado para a Natureza, para a Juventude e para o Futuro Desportivo no Alentejo!
publicado por CNAlvito | Quinta-feira, 20 Setembro , 2007, 22:48

A ÉPOCA POSSÍVEL!

A última época desportiva começou muito bem, com o pessoal muito participativo e adesões significativas às várias modalidades, parecendo que a crise estava a passar  e que o pessoal, aqui no Alentejo, começava a ver as coisas de maneira diferente, retomando os comportamentos participativos e colectivistas que caracterizavam o ser alentejano. Afinal, foi Sol de pouca dura... Regressámos à realidade!

Mesmo assim, com a elaboração do Relatório de Actividades ganhamos algum alento, pois verificamos que em termos estatísticos a época não foi, de modo nenhum, negativa, apresentando muitos indicadores positivos. É o que vamos tentar revelar nesta crónica.

NÚMEROS GLOBAIS

Quer se queira quer não, sempre foram 100 (precisamente) os praticantes que aderiram às nossas actividades e modalidades com prática regular. Isto para a população que temos (2600 habitantes no concelho) e sem apostarmos no fácil, alienante e mediático futebol, é um número bem significativo que gratifica o esforço que fazemos para proporcionar alternativas físicas e desportivas naturais e modernas à população.

As actividades formativas e recreativas que desenvolvemos tiveram os seguintes aderentes: Escolinha de Atletismo - 7; Escolinha de Patinagem - 9; Natação - 52 e Pedestrianismo -   . E nas modalidades de competição: Atletismo - 21 federados e 8 não-federados; Orientação - 16 federados; Ténis de Mesa - 6 federados e 2 não-federados e Triatlo - 13 federados e 3 não-federados.

O Clube encontra-se filiado nas seguintes entidades: F P Orientação; A A Beja / F P Atletismo; A P Alentejo / F P Patinagem; F Campismo M P; F Triatlo P; A T M Évora / F P Ténis de Mesa e Confederação P Colectividades C R D.

ACTIVIDADES FORMATIVAS E RECREATIVAS

Mais uma vez insistimos na Escola de Patinagem, agora com técnicos habilitados com os cursos de 1º nível de Patinagem de Velocidade (Carlos Papacinza) e de Patinagem Artística (Patrícia Gouveia), mas a "coisa" continuou fraca, sem uma adesão significativa. Parece que as pessoas se interessam cada vez menos pelas coisas sãs e só se deixam influenciar pelo que lhes impingem na TV...

A Escolinha de Atletismo que criámos com o objectivo de captar miúdos, colocando os nossos jovens atletas como monitores, entre eles o Vítor que devia ser uma referência face aos seus resultados (até a nível nacional), já que a nível distrital é já o melhor meio-fundista, não surtiu efeito...

A Natação continuou a funcionar com a habitual dinâmica, ensinando-se alguns miúdos a nadar, outros a aperfeiçoarem as técnicas de natação e possibilitando a prática da natação regular a alguns jovens, ano após ano e facultando, principalmente, às senhoras a prática de Ginástica Aquática de que algumas não prescindem à vários anos, pois os benefícios são bem sentidos por elas.

O Pedestrianismo deu um passo importante, com a formação de uma Secção de Marcha para a Saúde que funcionou bastante bem em Vila Nova, com actividade regular semanal e organizou, formalmente, 8 caminhadas durante a época!

ATLETISMO

Apesar de não sentirmos especial

 


mais sobre mim
Setembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
21
22

23
24
25
27
28
29



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO